ico

Sobre a Raša

Conheša a raša

Quarto de Milha

Origem

Wimpy, o cavalo americano precursor da raça


Histórico
A raça Quarto de Milha foi a primeira a ser desenvolvida na América. Ela surgiu nos Estados Unidos por volta do ano de 1.600. Os primeiros animais que a originaram foram trazidos da Arábia e Turquia à América do Norte pelos exploradores e comerciantes espanhóis. Os garanhões escolhidos eram cruzados com éguas que vieram da Inglaterra, em 1611. O cruzamento produziu cavalos compactos, com músculos fortes, podendo correr distâncias curtas mais rapidamente do que nenhuma outra raça.

Com a lida no campo, na desbravação do Oeste norte-americano, o cavalo foi se especializando no trabalho com o gado. Nos finais de semana, os colonizadores divertiam-se, promovendo corridas nas ruas das vilas e pelas estradas dos campos, perto das plantações, com distância de um quarto de milha (402 metros), originando o nome do cavalo.


Foi fundada em 15 de março de 1.940 a American Quarter Horse Association (AQHA), em College Station, Texas. Em 1946, a AQHA se transferiu para Amarillo, Texas, onde se encontra até hoje, tornando-se a maior associação de criadores do mundo, com cerca de 400 mil sócios e mais de 5 milhões de cavalos registrados, divididos em 43 países, representando 52% dos equinos em todo o mundo (dados até 31/12/2.011).
 

QM no Brasil
Tudo começou em 1955, quando a Swift-King Ranch (SKR) importou seis animais dos Estados Unidos para o Brasil, vindos de sua matriz norte-americana, a famosa King Ranch, no Texas, a maior fazenda dos EUA. À medida que vários pecuaristas, banqueiros e homens de negócios tiveram a oportunidade de conhecer os animais Quarto de Milha, começaram a pressionar a SKR para que lhes vendessem alguns exemplares. A companhia atendeu a poucos criadores, vendendo um número reduzido de potros. Em 15 de agosto de 1969, foi fundada a Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Quarto de Milha (ABQM), no Parque da Água Branca, em São Paulo, onde se encontra atualmente.

Indústria
O plantel Quarto de Milha no Brasil é composto por mais de 514 mil animais registrados (Janeiro/2.017), divididos entre 104.328 criadores, proprietários e associados. Seus haras distribuídos em 1 milhão de hectares, avaliados em mais 20 bilhões, consomem aproximadamente 918 mil toneladas de ração/ano. Esse consumo implica em aproximadamente 730 milhões de investimento. A mão-de-obra empregada diretamente também é bastante significativa, oferecendo 310 mil empregos diretos (média de 3 funcionários por criador ou proprietário), sem contar com veterinários, agrônomos, zootecnistas, ferradores, centros de treinamento, centros de reprodução, leiloeiros, leiloeiras, carpinteiros, pedreiros, eletricistas, marceneiros, transportadores de cavalos, fabricantes de equipamentos e indústria de ração e produtos veterinários, entre outros.

Principais Características
Os cavalos Quarto de Milha são reconhecidos pela facilidade de domar, docilidade e inteligência. Os cavalos desta raça possuem grande capacidade de mudar de direção, com partidas rápidas e paradas bruscas. Sendo considerado o Quarto de Milha, o cavalo mais veloz do mundo. O cavalo Quarto de Milha se destaca principalmente em provas Western, corridas e trabalho no campo por ser muito dócil, robusto e veloz. Os cavalos Quarto de Milha são adaptáveis a qualquer situação, podendo se transformar também em instrumento de força, transporte e imbatível em provas equestres. Já no nordeste do país, o Quarto de Milha é o melhor em vaquejada.

Anatomia
Os cavalos Quarto de Milha geralmente medem 1,52 m, possuem uma cabeça pequena, fronte ampla, olhos grandes e afastados e um perfil bastante reto. Seu pescoço em forma de “pirâmide” possui uma linha superior reta, dorso e lombos curtos, já a garupa é levemente inclinada, o peito profundo, membros fortes com excelente musculatura.


Padrão da Raça Quarto de Milha



Temperamento: dócil, rústico e muito inteligente.

Inseminação Artificial: Normalmente só a quente, não há um limite de éguas – mediante  autorização do Conselho Deliberativo da Associação, que também permite transferência de embrião.

Andamento: harmonioso, em linha reta, natural e baixo. O pé é levantado levemente e recolocado de uma só vez no solo, caracterizando-se no trote de campo.

Peso: macho e fêmea pesam geralmente 500 kg.

Altura: Geralmente 1,50 m a 1,62 m.

Porte: De médio a grande.

Aptidões
Por ser considerada uma das raças mais versáteis do mundo, os cavalos Quarto de Milha podem ser utilizados em corridas planas, saltos, provas de rédeas, três tambores, balizas, hipismo rural e lida com o gado.

Pelagens
As pelagens oficiais do cavalo Quarto de Milha são: alazão, baio, alazão tostado, baio amarilho, castanho, cremelo, lobuno, perlino, preto, rosilho, tordilho e zaino. Entretanto, a raça Quarto de Milha pode possuir alguns pelos brancos em determinada área do corpo, passando disto, já se descaracteriza a raça.

Curiosidades
Como sabemos, o cavalo Quarto de Milha é considerado o cavalo mais rápido do mundo. O recorde atual marca 20 segundos em uma distância de um quarto de milha, ou seja, 402 metros.



Haras Martins - Home Page
Site desenvolvido por OlímpiaWeb